Amor não tem gênero

Boa tarde, nobres leitores!

Como estamos na Semana da Diversidade e o mês do Orgulho resolvi escrever este texto sobre todas as formas de amor. Quem nunca foi julgado ou reprimido por sua opção sexual?
Bom, infelizmente esse assunto ainda incomoda muitas pessoas porque uma determinada quantidade acredita que o amor foi feito apenas para união de um homem com uma mulher, para ser sincera muitos seguem rótulos e imposições que foram feitas, mas até mesmo na história dos nossos antepassados existem relacionamentos homoafetivos, entre outros, quem puder dê uma pesquisada na história dos guerreiros romanos, gregos, Alexandre o Grande, etc. Na verdade como diz o título da matéria o "Amor não tem gênero" nos apaixonamos pela essência, pelo eu interior, defeitos e encantos de uma pessoa, afinal nos apaixonamos por pessoas sem distinções, independente de qual seja a sua escolha, o amor vai ser fruto de um relacionamento puro e sincero, não importa se a pessoa é bissexual, heterossexual, homossexual, transsexual, pansexual e assim por diante... Todos devem ter a consciência de que somos humanos, se algo lhe incomoda ou se não acha certo guarde aquilo para você, não precisa plantar a discórdia e semear o ódio alheio, afinal todos sofrem preconceitos tanto na forma de pensar, no seguimento religioso, pela opção sexual, cor, raça e classe social.
Parem de seguir rótulos e façam a diferença no mundo, mas "o divino disse que..." as divindades não disseram nada, não as usem em vão para tentar suprir e esconder o preconceito que há dentro de você, aprenda a interpretar todo o contexto e não levar as frases ao pé da letra. Alguns dizem que o mundo precisa de paz, mas a seguinte questão é: você contribuí para o Universo tornar-se melhor?
Uma simples contribuição é respeitar tudo o que for oposto da sua ideologia, preocupar-se com a sua própria vida e distribuir o amor que está quase extinto. 

Uma dica: reflitam por meio deste texto e procurem evoluir para melhor porque amar é um direito de todos.

Viva a Semana da Diversidade e o mês do Orgulho! 
Que a comunidade LGBT continue lutando por seus direitos e deveres, consigam conquistar o seu espaço e receber o respeito que todo ser humano merece. 




AVISO: É proibida a reprodução total e parcial de qualquer conteúdo deste site, dependendo do aviso prévio e aprovação do autor, encontra-se mediante proteção do Art. 29 da Lei de Direitos Autorais - Lei nº 9.610, de 19-02-1998. Todos os direitos reservados.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vale a pena esperar quando o amor é verdadeiro

Caetano Veloso & Tom Jobim

O tão esperado 18 anos